Elixir. Antes ou Depois de Escovar os Dentes?

Já se questionou se aquilo que está a fazer está correcto? Há muito que eu me questionei e esta dica é o resultado.

Comecemos pelo princípio. Vamos perceber primeiro qual a finalidade de cada um.

Com o contacto com a comida e saliva, os dentes tendem a desmineralizar. Caso essa desmineralização não seja combatida, leva posteriormente ao surgimento das cáries. As pastas dentífricas contêm flúor que reverte a desmineralização levando o dente a repor a sua protecção. Essa mineralização não é algo instantâneo, principalmente nos adultos. No caso das crianças é mais rápida essa mineralização, pelo que as pastas de dentes têm menos percentagem de flúor. Excesso de flúor pode causar a fluorose, que se verifica via manchas brancas irreversíveis nos dentes.

Dado que o elixir desinfecta a boca, não será contraditório usar depois de escovar os dentes, uma vez que a pasta deixou o flúor a trabalhar para mineralizar os dentes? E se é suposto o flúor ficar na boca, porque é que bochechamos com água?

Vamos mudar as regras do jogo. Está pronto? Experimente e comente abaixo o resultado.

NOTA: Se usar fio dental, considere-o como o 4º passo. No final de escovar os dentes, cuspa o máximo de pasta que conseguir sem bochechar. Limpe somente a boca. Não coma, não beba e não fume no imediato. No inicio pode parecer estranho, mas à segunda vez já se habituou.